Novo fôlego: David Miranda assumirá vaga de Jean Wyllys

0
views

Embora ainda não tenhamos tido tempo o suficiente para sentir a grande perda do deputado Jean Wyllys na câmara, ganhamos um novo fôlego ao descobrir quem o substituirá: o primeiro vereador assumidamente gay do Rio de Janeiro, David Miranda.

“Fiquei muito triste, mas é totalmente compreensível. Há menos de onze meses, uma companheira de partido (vereadora Marielle Franco) foi assassinada brutalmente e até hoje a gente não tem resposta. O Jean sempre recebeu muitas ameaças e foi muito assediado, tanto no Congresso como nas ruas”, disse ele em entrevista ao jornal Estadão.

+ Bolsonaro começa a atacar LGBTI no governo

Vai peitar?

Para quem ainda não conhecia sua trajetória, Miranda mostrou ao que veio ao dar uma resposta atravessada para o presidente eleito, que comemorou a desistência de Jean Wyllys nas redes sociais. 

Perfil

Através das redes e também das matérias que ganharam os jornais depois do anúncio de que o vereador substituiria Jean Wyllys, fomos apresentados a um David Miranda que é “preto, favelado” e “pai do João e do Jonathan”.

David cresceu na favela do Jacarezinho e, de acordo com entrevista dada à Folha de São Paulo, viu o primeiro corpo no chão aos 8 anos de idade. Aos 12, foi vítima de agressão policial enquanto voltava do trabalho. Os episódios, que poderiam ter causado traumas irreparáveis, dão mais força e fibra a ele.

Casado desde 2005 com o jornalista Glenn Greenwald, do jornal The Intercept, David diz que pretende engrossar a luta e dar prioridades a “pauta LGBT, o genocídio da juventude negra, o aprisionamento, a política de descriminalização das drogas”.

Para isso, ele pretende usar o dialogo e o enfrentamento aos conservadores eleitos nas últimas eleições. O recado é claro “Estou chegando aí em Brasília” e, para nossa sorte, parece que não haverá arrego.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR