Homofobia: Pai mata adolescente de 14 anos com tiro na cabeça

Um pai matou o filho adolescente de 14 com tiro na cabeça em Nevada, Estados Unidos, na última quinta (2). Ele não aceitava a sexualidade do filho.

Giovanni Melton vivia com o pai, Wendell Melton de 53 anos. De acordo com pessoas mais próximas, as discussões pela orientação sexual de Giovanni eram constantes.

+ Homem tortura e mata enteado de 8 anos porque ele “parecia gay”

“Giovanni foi abusado física, mental e espiritualmente por muitos e muitos anos”, afirmou Sonja Jones, ex-madrasta da vítima, ao canal 3 News.

Ela disse que tem certeza de que Wendell sempre pensou que era melhor “ter um filho morto do que ter um filho gay”.

+ Jovem é morto a pauladas e pedradas em Boa Vista

“Ouvi que uma vez ele pegou o filho com o namorado e apontou uma arma para os dois”, acrescentou ela sobre a relação conturbada dos dois.

“Espero que ele nunca mais veja a luz do dia. Espero que todas as vezes que ele olhe no espelho, ele veja o rosto do filho dele”.

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários