Massacre em Queimados pode ter sido motivado por homofobia

A polícia ainda está investigando, mas ao que parece o Massacre em Queimados, na Baixada Fluminense, foi motivado por homofobia.

+ Skinheads atacam parada LGBT

De acordo com o G1, uma das testemunhas disse a polícia que ouviu que o atentado teria sido orquestrado por traficantes da região que não autorizam a Parada LGBT que ocorreu e queriam mostrar “quem manda”.

“Essa é uma das linhas, mas nenhuma linha de investigação está afastada. As vítimas sobreviventes e outras testemunhas serão ouvidas e imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas visando melhor compreender a dinâmica do crime e identificar os autores”, argumentou o delegado titular da DHBF, Giniton Lages.

Ataque

O “banho de sangue”, como está sendo chamado o ataque, aconteceu no último domingo (8).

Duas pessoas morreram e ao menos sete ficaram feridas. A Polícia pretende ouvir os sobreviventes assim que possível para confirmar se a motivação foi homofóbica.

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários