Homofobia contra héteros: mãe filha são agredidas ao serem confundidas com um casal

A discriminação, infelizmente, está cruzando fronteiras e agora temos homofobia contra héteros. Duas mulheres, mãe e filha, foram agredidas por um homem em Brasília.

+ Vítima de homofobia pede ajuda para identificar os agressores

Ao sair do cinema, Solange Afonso e a filha foram abordadas pelo agressor, que não teve o nome divulgando, de 55 anos.

“Começou com agressão verbal, chamou a gente de cretinas e safadas porque achou que a gente era um casal gay”, disse Solange em um vídeo postado no prórprio perfil no Facebook, mas que já foi apagado.

Ela ainda mostrou um machucado em dos olhos. Durante a discussão o agressor teria acertado o relógio no rosto de Solange.

“Não podemos nos calar”

Eu gravo esse vídeo para falar pra você que sofreu uma violência como essa, não fique coagido não, vocês tem que lutar pelo direito de vocês… Não sou gay, mas senti na pele o que eles sentem”, afirmou Solage que chega a chorar no vídeo.

O agressor foi contido por seguranças e levado para polícia, mas foi liberado depois de assinar um Termo de Compromisso de Comparecimento do Juizado Especial Criminal

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários