Apps de encontro prejudicam autoestima, diz estudo

Foto: Renan Oliveira/ Dentro do Meio

Um recente estudo feito pela Universidade do Norte do Texas afirma que apps de encontro prejudicam autoestima.

+ Quase 6 em cada 10 gays já sofreram discriminação em apps de encontro

Os pesquisadores estudaram 234 homens, sendo 31 deles usuários do Tinder, e descobriu que quem usa o app com frequência é mais suscetível a sentir angústia e ter vergonha do próprio corpo.

Objetificação

O estudo também mostra que os aplicativos são responsáveis pela pressão para que a aparência dos usuários seja algo “consumível”.

Em outras palavras “os usuários de Tinder estavam mais focados em seus corpos como objetos sexuais”.

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários