Drag Queens enfrentam homofóbicos e salvam gay de ataque

Um trio de drag queens enfrentou homofóbicos e impediu que eles machucassem ainda mais um gay que estava sendo atacado.

+ Conheça Lactitia, Drag de 8 anos que conquistou Bianca Dele Rio

Ivan Flinn, nascido na Nova Zelândia, foi vítima de um ataque homofóbico de um grupo de homens em Sydney. 

Ele estava saindo de uma boate quando os agressores começaram a chamá-lo de bicha, dentre outras ofensas. “Eles usaram todas as ofensas homofóbicas que você possa imaginar”, contou ele ao news.com.au.

Os agressores rasgaram as roupas e deslocaram a mandíbula de Flinn, que acreditou que morreria durante o ataque. “Eu pedi a Deus por um herói e ele me mandou três anjos”, disse ele.

+ Ginger Minj quer fazer show com Lactitia

Coco Jumbo, Ivy League e Vybe tinham acabado de terminar uma performance quando presenciaram o ataque e decidiram intervir.

“Eu estava atordoado com o soco que tinha levado, mas consegui ver Ivy destruindo o cara que me acertou”, contou a vítima

“Eles estavam no meio da avenida e carros passavam por eles enquanto trocavam golpes. Arrancaram a peruca, mas ela continuo a lutar mesmo com salto alto”, continuou.

Ivy revelou que depois de tantos abusos na infância, ela simplesmente não podia apenas assistir ao ataque.

“Sofri muito bullying na infância, mas chega uma hora em que você decide lutar contra, não importa se você vai se machucar ou perder uma peruca”, argumentou.

Ela disse que durante a briga foram chamadas de aberrações, mas diz ter respondido a altura. “Se quiser bater em caras pequenos, terá que enfrentar uma grande aberração primeiro. Sou um homem embaixo de tudo isso, vamos lá”.

“Acho que eles não tinha ideia no que estavam se metendo. Eu jogava Rugby e tenho um irmão mais velho”, disse Coco sobre a briga.

Como agradecimento, Flinn iniciou uma campanha para arrecadar dinheiro e pagar pela peruca e pelas unhas perdidas na briga. Ele planejava conseguir $1000 AUS, mas de acordo com o Pink News, arrecadou $6615.

 

 

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários