Johnny Hooker responde “declarações desastrosas” de Ney Matogrosso sobre representar gays

Johnny Hooker e Ney Matogrosso

Johnny Hooker usou o perfil no Facebook para responder as “declarações desastrosas” dadas por Ney Matogrosso em entrevista ao Jornal Folha de S. Paulo. Com o título “Gay é o caralho, eu sou humano”, Ney dá um show, mas infelizmente de desinformação.

+ Drags confirmam que Migos pediram a Katy para que elas não participassem de segunda performance

“É inconcebível ler a frase “Que gay o caralho, eu sou um ser humano” no país que mais mata LGBTs do MUNDO(!!). Vinda de um artista cuja carreira em grande parcela se apoiou na bandeira da luta dessa comunidade, de seu próprio público” escreceu Johnny Hooker.

O cantor ainda ataca a heteronormatividade de Ney e aponta outras artistas que enfrentam o patriarcal. “E ainda declara em outra parte “não sou travesti, sou homem, tenho pau e gosto de usá-lo” e só me vem a cabeça as figuras de Linn da Quebrada e das Bahias, “mulheres de paus”, comunicando pro agora e pro depois”, continua.

+ Defensoria pede afastamento de policial que espancou homossexual em delegacia

“E em tempos de “Gay é o caralho” a única resposta possível é que vai ter gay pra caralho, vai ser gay pra caralho sim, cada dia mais gay, cada dia um level a mais igual Pokémon”, finaliza Johnny.

 

Sobre o Autor

Renan Oliveira
Renan Oliveira
Renan um é jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.

Comentários