Prestes a lançar clipe com Pabllo Vittar, Preta Gil teria cobrado R$50 mil para aparecer em Parada LGBT

4
views

De acordo com o Jornal Extra, a cantora Preta Gil teria cobrado R$ 50 mil para participar da Parada LGBT de Vila da Penha, no Rio de Janeiro. Os organizadores do evento contaram ao jornal que convidaram a cantora para ser madrinha, mas desistiram depois do valor

+ Exclusivo: Jaloo fala sobre esteriótipos em apps e experiência em Parada LGBT

“Explicamos que ela só precisaria vir, ficar pouco tempo, dizer algumas palavras. Daríamos toda a estrutura para que Preta fosse coroada. Não seria um show. Quem participa da parada não recebe nada. Vem pela causa mesmo que está sendo defendida. Quando estivemos pessoalmente com Preta, ela tinha adorado a ideia”. diz um dos organizadores segundo a publicação

A equipe de Preta Gil justificou que já havia um show agendado para a data e a cantora não teria como deixar de aparecer em um evento por causa de outro sem receber nada”. No entanto os organizadores da Parada LGBT garantiram que ofereceram três datas diferentes e que não havia show na agenda da cantora quando conversaram.

Preta e Pabllo Vittar gravaram uma música juntas recentemente que deve ser divulgada ainda nó mês de julho. A filha de Gilberto Gil também foi a responsável por encerrar o Milkshake Festival que defende a diversidade sexual

 

Comentários